Produtividade

5 vídeos para quem quer empreender

Esta tem sido minha jornada. Para quem me acompanha, não é mistério para ninguém que quero muito trabalhar como palestrante e dar treinamentos pelo Brasil com foco em desenvolvimento humano, enquanto caminho vou me abastecendo com informações que podem me ajudar tanto na estratégia em si, quanto a não perder a motivação.

Compartilho com vocês então alguns vídeos que acho interessantes e te convido a conhecer os canais também, pois são canais que sigo:

Este primeiro vídeo veio por último. Eu já havia planejado este post há semanas atrás, mas acabei assistindo este vídeo e sabia que tinha que incluí-lo na lista:
1. Como superar obstáculos, por Vida Organizada

 

Este próximo vídeo e uma sequência de vídeos com Leila Velez, criadora do Instituto Beleza Natural. Destaco este vídeo, mas convido a ouvir todos os outros, que tem em média cinco minutos.
2.  Leila Velez: Inovação pela Co- Criação, por Endeavor Brasil

 

Não podemos falar em empreendedorismo sem falar sobre finanças, custos, etc. E ninguém melhor que a querida Nathalia Arcuri.
3. 5 Dicas para sobrar dinheiro, por Me Poupe!

 

Eu não poderia deixar de incluir um vídeo do Gustavo Cerbasi. Não sei explicar porquê, mas tenho vontade de dar um abraço nele cada vez que assisto um vídeo dele ou que leio um livro. (Inclusive tem várias Dicas de Leitura dele no canal!)
4. Perfil empreendedor é fundamental para ter um negócio próprio?, por Gustavo Cerbasi

 

Este último vídeo foi de uma pessoa que conheci no Linkedin a pouco tempo. Ela trabalha com gestão de carreira e tem um canal no youtube com várias dicas bacanas para quem está procurando emprego. Neste vídeo que compartilho com vocês, ela fala sua história de como saiu de emprego regime CLT para ser empreendedora.
5. Um pouco da minha história: de CLT à empresária, por Tais Targa.

 

E aí? Está pronto para começar? Qual vídeo você achou mais interessante e por que?

Anúncios
Produtividade

5 dicas para começar seus projetos de forma promissora.

Imagem relacionada

Existe um desejo gigante dentro de cada um de nós de vermos o que fazemos dar certo. Lógico que este “dar certo” é relativo, pois para cada um pode ser uma resposta diferente, mas não é sobre isto o assunto de hoje.

Hoje eu quero te incentivar a continuar nesta busca por fazer as coisas acontecerem e ver os frutos do seu esforço.

Quero compartilhar 5 dicas para começar seus projetos de forma promissora:

  1. Comece com um projeto por vez.
    É muito comum, principalmente para os mais criativos, brotar mil ideias e ter mil projetos em andamento. Não tem problema. Mas a questão é a atenção que você vai dar para cada um. Foque 100% no planejamento de um, depois siga para o próximo. Se você estiver cuidando de dois ou mais projetos precisa se organizar bem, pois se misturar uma coisa com a outra pode perder prazos e ser o começo de erros e mais erros em cascata.
  2. Estabeleça prazos.
    Se você não sabe para quando quer que alguma coisa aconteça ou esteja finalizada, a tendência é começar a empurrar com a barriga e deixar rolar por meses e meses. Quando estabelecemos uma data, acabamos ficando presos à ela e criamos mais compromisso. É aquela velha história dos dois amigos que não se vêem por muito tempo e quando se encontram na rua falam: “Precisamos marcar um café para colocarmos as notícias em dia!”. Provavelmente nunca marcarão. Agora se um deles falar: “Vamos marcar neste fim de semana um café para colocarmos as notícias em dia?”, muito provavelmente eles se verão.
  3. Faça um levantamentos dos recursos necessários.
    Seja um papel sulfite ou uma quantidade alta em dinheiro, você precisa listar os recursos que vai precisar para colocar seu projeto em prática: pessoas, dados, materiais de escritório, espaço, dinheiro, etc. Estas informações também te ajudarão a ter uma visão mais clara e mais REAL da situação. Se você sabe o que vai precisar (e estabelecer prazos para consegui-las), fará o projeto decolar muito mais rápido do que se correr atrás quando a necessidade surgir. Tudo o que deixamos para última hora sai mais caro, então coloque esta informação no seu planejamento.
  4. Tenha um mentor
    Mesmo que você tenha muito conhecimento na área, é bom ter um mentor, um amigo, um coach, um conselheiro, alguém para compartilhar suas ideias e pedir conselhos. Esta pessoa é extremamente importante pois terá um outro ponto de vista. Se você estiver “viajando” demais, esta pessoa poderá te trazer pro chão e se você estiver muito limitado, esta pessoa poderá te trazer diferentes possibilidades.
    Mesmo que seu projeto seja um segredo, se buscar a pessoa certa, perceberá como é muito mais produtivo trocar ideias com alguém.
  5. Confie que vai dar certo
    Sempre que começamos algo novo caímos no erro de: ou acharmos que tudo vai dar certo, e não prevemos os riscos; ou de acharmos que nada dará certo, e já determinamos nosso fracasso no primeiro passo. A insegurança ou o excesso de segurança mina nossa confiança e embaça nossa visão, a consequência é perda de qualidade no trabalho e perda de energia para o que poderia ser mais simples.

Lembre que a crise é o momento perfeito para novas oportunidades, pois é em momentos de grandes necessidades que pensamos em soluções.

Vai fundo!

Boa sorte! 🙂

 

 

 

Mais

Histórias pra contar: De veterinária a Cake Designer.

Este é o quadro que mais me orgulho de ter criado no Dica pra hoje!
Confesso que adoro aprender com as histórias dos outros e fico muito feliz em ver pessoas próximas de mim que conseguiram passar por suas dificuldades e vence-las!

A história pra contar de hoje, é da Angela. Logo que pensei neste quadro, quis que vocês a conhecessem! Tenho certeza que muitos vão se identificar e, quem sabe, conseguir recuperar o ânimo e a força de vontade pra conquistar seus objetivos!

Angela.png

“Meu nome  Angela Fiel Cruz Miranda, tenho 48 anos, sou médica veterinária por profissão e Cake designer por devoção. Depois que descobri que podia fazer coisas lindas e saborosas com este trabalho e agradar às pessoas de forma única e personalizada, não larguei mais. Casada , mãe de 2 filhos maravilhosos ,dona de casa, microempresária “

Como consegue dar conta de tantas tarefas diferentes no seu dia? Tem alguma dica para as pessoas se organizarem?
Primeiro passo é acordar cedo e  é necessário manter uma rotina. Depois reuni minha família e expliquei que todos têm obrigações na casa….Dou uma tarefa para cada um e deixo que eles definam o dia certo para fazer. Por exemplo jogar o lixo, passear com o cachorro e arrumar o quarto todos os dias mantendo os armários organizados, separando as roupas sujas para lavar e guardando as limpas, evitando acúmulos.
Tudo para eu não perder tempo realizando tarefas que eles podem fazer. Manter a ordem é algo que se faz todos os dias. Cada coisa tem o seu lugar.
O ideal é não deixar nada acumular: louça, roupas para lavar, passar ou guardar, sapatos, copos pela casa, etc.

FullSizeRender
Foto cedida por Angela

Hoje sua renda vem de fazer/ vender bolos. Como isto começou?
Sim. Comecei a me aventurar na área da confeitaria, fazendo bolos de aniversário para família e amigos. Em casa testei várias receitas, registrei todos os detalhes possíveis de todas as etapas e entre tentativas e erros montei meu portfólio.
Comecei com poucos produtos, mas bem feitos e bem apresentados. Meu filho caçula criou meu site para colocar as fotos e lista de sabores .

Qual ou quais foram seus maiores desafios para consolidar sua carreira como empreendedora e como fez para superá-los?
Meu maior desafio está sendo agora , montando meu ponto comercial, reforma do imóvel e regularização (CNPJ, registro na junta comercial, INSS/FGTS, alvará de funcionamento, alvará da vigilância sanitária).
Depois decoração do imóvel e compra de equipamentos…
Como superei esse desafio ? Ficará para uma próxima 

Se você pudesse dar um conselho para alguém que também quer empreender, mas não sabe como começar, qual seria?
Planejamento é a palavra chave. É imprescindível quando você quer obter sucesso em alguma área. O mal de certas pessoas é começar algo, mas não acabar.
E outra coisa é pesquisar. Não adianta saber produzir e querer vender alguma coisa que não terá boa aceitação no lugar onde você mora, bairros próximos ou em um ponto comercial. Tem que planejar e pesquisar. Conheça seu futuro concorrente mas sem ter intenções de ser desleal com ele.
Outra coisa importante é sempre pensar em qual será o seu diferencial para atrair uma quantidade maior de clientes e fazer cursos de capacitação ligados ao segmento alimentício.
Confeitaria é algo que remete aos desejos das pessoas, então a qualidade, sabor e atendimento precisam ser nota 10

Como fazer para contratar seus serviços?
Atendo sob encomenda:
☎️(11)96923-9433
💌 anmiran1@gmail.com
Instagran: angelafcmiranda

Veja algumas fotos e se apaixone pelos bolos!
Eu mesma já provei e posso dizer que são os mais deliciosos e caprichosos que já comi em toda minha vida!

Gostou da história da Angela?
Aposto que não é fácil, mas quem disse que precisa ser?
Corra atrás você também!

Um abraço

Mais

Histórias pra contar…Samuel Klein.

Já conhece a história de sucesso inusitada de Samuel Klein, o empreendedor criador das Casas Bahia?

samuelKlein

Aos 19 anos ele foi preso e mandado, junto com o pai, para o campo de concentração de Maidanek, em seu país natal. Em 1944, conseguiu escapar e fugiu para a Alemanha, onde começou a carreira de comerciante, vendendo cigarro e vodka para as tropas aliadas que ocuparam o país após a queda do nazismo.

Na Alemanha, Samuel casou-se com sua esposa Ana e teve o primeiro filho, Michael e em 1952 partiram para o Brasil, para a cidade de São Caetano do Sul, no ABC Paulista.

Os nordestinos, principalmente baianos, foram seus primeiros clientes. Ele vendia roupas de cama, mesa e banho  em uma charrete, foi juntando dinheiro e, em 1957, abriu sua própria loja, que batizou em homenagem aos seus primeiros clientes: Casa Bahia.

O que o tornou famoso nas vendas foi seu método de venda à prestação. Como os moradores da região eram basicamente trabalhadores pobres,sem condições de pagar à vista, logo ele fidelizou sua clientela!

Foi assim que a pequena loja em São Caetano do Sul começou a crescer, atraindo cada vez mais clientes e diversificando a oferta de mercadorias. Se Klein começou vendendo roupa de cama, mesa e banho, logo começou a oferecer também móveis, colchões, eletrodomésticos e uma infinidade de outros itens para o lar.

No começo da década de 1960, São Caetano do Sul ficou pequena para Klein e, em 1964, o empresário começou a abrir filiais em São Paulo e na Baixada Santista.

Sempre  apostando no comércio popular, ele criou seu império do varejo, que hoje conta com 650 lojas espalhadas por 18 estados do Brasil..

Samuel Klein morreu em 20 de novembro de 2014, aos 91 anos. Com apenas o curso primário completo, o empreendedor nato conseguiu o que muitos executivos que colecionam MBAs não foram capazes de fazer: criar a marca de varejo mais valiosa do Brasil de acordo com o ranking das Marcas Brasileiras Mais Valiosas, elaborado pela consultoria Interbrand.

(Texto retirado e adaptado)