Produtividade

5 vídeos para quem quer empreender

Esta tem sido minha jornada. Para quem me acompanha, não é mistério para ninguém que quero muito trabalhar como palestrante e dar treinamentos pelo Brasil com foco em desenvolvimento humano, enquanto caminho vou me abastecendo com informações que podem me ajudar tanto na estratégia em si, quanto a não perder a motivação.

Compartilho com vocês então alguns vídeos que acho interessantes e te convido a conhecer os canais também, pois são canais que sigo:

Este primeiro vídeo veio por último. Eu já havia planejado este post há semanas atrás, mas acabei assistindo este vídeo e sabia que tinha que incluí-lo na lista:
1. Como superar obstáculos, por Vida Organizada

 

Este próximo vídeo e uma sequência de vídeos com Leila Velez, criadora do Instituto Beleza Natural. Destaco este vídeo, mas convido a ouvir todos os outros, que tem em média cinco minutos.
2.  Leila Velez: Inovação pela Co- Criação, por Endeavor Brasil

 

Não podemos falar em empreendedorismo sem falar sobre finanças, custos, etc. E ninguém melhor que a querida Nathalia Arcuri.
3. 5 Dicas para sobrar dinheiro, por Me Poupe!

 

Eu não poderia deixar de incluir um vídeo do Gustavo Cerbasi. Não sei explicar porquê, mas tenho vontade de dar um abraço nele cada vez que assisto um vídeo dele ou que leio um livro. (Inclusive tem várias Dicas de Leitura dele no canal!)
4. Perfil empreendedor é fundamental para ter um negócio próprio?, por Gustavo Cerbasi

 

Este último vídeo foi de uma pessoa que conheci no Linkedin a pouco tempo. Ela trabalha com gestão de carreira e tem um canal no youtube com várias dicas bacanas para quem está procurando emprego. Neste vídeo que compartilho com vocês, ela fala sua história de como saiu de emprego regime CLT para ser empreendedora.
5. Um pouco da minha história: de CLT à empresária, por Tais Targa.

 

E aí? Está pronto para começar? Qual vídeo você achou mais interessante e por que?

Anúncios
Produtividade

Dê um susto na sua rotina.

routine.png

Vamos pular a parte que rotina é chata, que rotina tira a espontaneidade da vida e que nada de bom acontece quando ficamos planejando tudo. Já passamos deste nível e já sabemos o quanto ela é importante para nossa produtividade.

Hoje eu quero falar de alguns hábitos – super saudáveis – que adquirimos, mas que por um tempo não estejam dando certo. Neste caso, precisamos dar um sustinho para depois voltarmos ao ‘de sempre’.

“Dar o susto” não é necessariamente sair da rotina, pois não estou falando de mudar a tarefa em si, mas sim da forma como a realizamos.
Um exemplo simples para você entender: eu separo um tempo para escrever para vocês, que geralmente é quando estou em algum lugar fechado. Na sala, no quarto, em algum lugar assim. Mas, tem vezes que nada rola e que não adianta eu parar, me concentrar, ler, pesquisar, simplesmente não sai uma palavra. Nestas horas eu pego esta minha atividade de escrever e faço em um lugar diferente. Geralmente um lugar aberto com pessoas passando ou com uma paisagem legal, ou um lugar onde eu consiga ficar contemplando o cenário por algum momento até que as primeiras palavras começam a chegar e então, meu texto.

É o que está acontecendo neste exato momento. Eu não queria trazer meu computador, mas eu sabia que saindo do lugar comum, das cenas de sempre, eu conseguiria.
Estou sentada na parte externa do hostel, em Petrópolis, onde tem várias mesas e bancos e pessoas conversando, árvores balançadas pelo vento, ao mesmo tempo barulho de carros passando logo à frente e pássaros voando e pousando.
A mesma atividade, em um cenário diferente, é realizada com sucesso! rs

Já parou para pensar nisso? O problema não é a tarefa em si e o problema não é você. É o seu cérebro que, por algum motivo que não sei te responder, precisa sair do cenário de sempre, que é o que eu chamo de “sustinho” para produzir aquela tarefa que faz parte da sua rotina.

Quando você sentir que está empacado, que não consegue fazer o que sempre fez, tente mudar a forma como o faz: seja o lugar, seja com pessoas diferentes, etc.

Se já reparou isso ou se tentar fazer isto, me conte como foi? Não é possível que seja só comigo! rs
Eu também compartilhei com vocês um vídeo falando sobre construir hábitos.
Muitas pessoas sabem o que devem fazer, sabem o que querem transformar em hábitos mas não conseguem. Espero que ajude. Dá uma olhada!
(Se ainda não é inscrito, é só clicar aqui!)

 

 

Aproveite para seguir o Dica pra Hoje nas redes sociais, assim você fica sabendo das Lives e viagens e muitas outras dicas que compartilho por lá!

www.instagram.com/blogdicaprahoje
www.facebook.com/dicaprahoje
www.twitter.com/dicaprahoje

Vídeos todos os dias no canal: www.youtube.com/user/dicaprahoje

 

 

Produtividade

Mudei de ideia.

Light bulbs teamwork concept

Eu tenho a mente inquieta. Ao mesmo tempo que sou extremamente focada no que quero, fico divagando em mil outras possibilidades. Minha mente está produzindo ideias quase que vinte e quatro horas por dia e se percebo que têm potencial, para algumas delas eu dou uma atenção maior.

A próxima etapa depois de ter a ideia é planejar, e esta parte é uma das minhas favoritas: separar em etapas, estabelecer prazos, correr atrás das ferramentas necessárias, etc. E a seguir, é só começar a colocar os passos em prática. (Coloquei “só”, mas nem sempre é tão simples assim).

Durante estes processos, acabo tendo outras ideias e também repensando as ideias atuais e, por vezes, mudo de ideia. Ou começo algo, vi que não é tão promissor quanto pensava e mudo de ideia. Testo as possibilidades, não dá certo e mudo de ideia. E assim segue minha vida.

Algumas pessoas acham que isso é ruim, que demonstra inconstância, mas a verdade é  que é um processo natural das coisas. Podemos mudar de ideia. E é melhor que mudemos antes de desperdiçarmos nossa energia e nosso tempo sabendo que estamos  indo rumo à passarela para cair na boca do tubarão.

Inconstância seria nunca colocar nada em prática: muitas ideias e nenhuma execução ou começar muitas coisas e não terminar nenhuma. Mas perceber que não é a melhor escolha ou que dá pra mudar o caminho, é super saudável.

A vontade de mudar de ideia vem, geralmente, durante a fase de planejamento e no começa da etapa de execução. É quando você começa a perceber que não acontecerá como planejado.

Neste caso você pode voltar para o planejamento, repensar as estratégias, reavaliar os riscos e voltar à execução ou, se achar que nada disso vai realmente valer a pena, deixar de lado e começar outro projeto.

Este texto é um incentivo pra você tentar mais, se desafiar mais, planejar mais, se dedicar mais, se comprometer mais com suas ideias. 
Quero que você entenda que podem sair ideias incríveis dessa sua cabecinha, e mesmo quando perceber que não está dando certo, todo aprendizado é bem- vindo.

Mude de ideia. Não tem problema. Está tudo bem. Mas continue produzindo.

Mais, Produtividade

Inovar para crescer.

innovate-lightbulb

Comecei a ler um livro chamado “Oportunidades Disfarçadas” e mesmo nos primeiros capítulos já tenho muita coisa boa pra contar. Não quero entrar em muitos detalhes, até porque logo quero torná-lo nossa próxima dica de leitura, mas queria tocar em um dos assuntos que mais me chamou atenção e até que me deu mais ideias.

O livro fala muito sobre como nos adaptarmos à crise e tirarmos proveito dela em diferentes aspectos e um deles é a inovação.

Inovar é você fazer algo que já faz ou pegar algo que já existe e fazer de forma melhorada. Então é preciso conhecer o contexto para adaptar o que você faz ou que você quer oferecer.

Isto exige paciência e dedicação; e também é preciso pensar que vão haver erros e acertos. Quer dizer que às vezes suas primeiras tentativas podem dar errado, mas isso não quer dizer que vai desistir, e sim, que precisa repensar sua estratégia de tempos em tempos.

Se cada vez que você errar, parar para pensar nas lições que aprendeu e o que precisa prestar atenção da próxima vez, dará passos mais assertivos e alcançará um nível maior de excelência.

Nem sempre o que você faz está errado, só precisa de um segundo, terceiro  ou quarto olhar para melhorar.

Pense nisso! 😉

 

Produtividade

5 dicas para começar seus projetos de forma promissora.

Imagem relacionada

Existe um desejo gigante dentro de cada um de nós de vermos o que fazemos dar certo. Lógico que este “dar certo” é relativo, pois para cada um pode ser uma resposta diferente, mas não é sobre isto o assunto de hoje.

Hoje eu quero te incentivar a continuar nesta busca por fazer as coisas acontecerem e ver os frutos do seu esforço.

Quero compartilhar 5 dicas para começar seus projetos de forma promissora:

  1. Comece com um projeto por vez.
    É muito comum, principalmente para os mais criativos, brotar mil ideias e ter mil projetos em andamento. Não tem problema. Mas a questão é a atenção que você vai dar para cada um. Foque 100% no planejamento de um, depois siga para o próximo. Se você estiver cuidando de dois ou mais projetos precisa se organizar bem, pois se misturar uma coisa com a outra pode perder prazos e ser o começo de erros e mais erros em cascata.
  2. Estabeleça prazos.
    Se você não sabe para quando quer que alguma coisa aconteça ou esteja finalizada, a tendência é começar a empurrar com a barriga e deixar rolar por meses e meses. Quando estabelecemos uma data, acabamos ficando presos à ela e criamos mais compromisso. É aquela velha história dos dois amigos que não se vêem por muito tempo e quando se encontram na rua falam: “Precisamos marcar um café para colocarmos as notícias em dia!”. Provavelmente nunca marcarão. Agora se um deles falar: “Vamos marcar neste fim de semana um café para colocarmos as notícias em dia?”, muito provavelmente eles se verão.
  3. Faça um levantamentos dos recursos necessários.
    Seja um papel sulfite ou uma quantidade alta em dinheiro, você precisa listar os recursos que vai precisar para colocar seu projeto em prática: pessoas, dados, materiais de escritório, espaço, dinheiro, etc. Estas informações também te ajudarão a ter uma visão mais clara e mais REAL da situação. Se você sabe o que vai precisar (e estabelecer prazos para consegui-las), fará o projeto decolar muito mais rápido do que se correr atrás quando a necessidade surgir. Tudo o que deixamos para última hora sai mais caro, então coloque esta informação no seu planejamento.
  4. Tenha um mentor
    Mesmo que você tenha muito conhecimento na área, é bom ter um mentor, um amigo, um coach, um conselheiro, alguém para compartilhar suas ideias e pedir conselhos. Esta pessoa é extremamente importante pois terá um outro ponto de vista. Se você estiver “viajando” demais, esta pessoa poderá te trazer pro chão e se você estiver muito limitado, esta pessoa poderá te trazer diferentes possibilidades.
    Mesmo que seu projeto seja um segredo, se buscar a pessoa certa, perceberá como é muito mais produtivo trocar ideias com alguém.
  5. Confie que vai dar certo
    Sempre que começamos algo novo caímos no erro de: ou acharmos que tudo vai dar certo, e não prevemos os riscos; ou de acharmos que nada dará certo, e já determinamos nosso fracasso no primeiro passo. A insegurança ou o excesso de segurança mina nossa confiança e embaça nossa visão, a consequência é perda de qualidade no trabalho e perda de energia para o que poderia ser mais simples.

Lembre que a crise é o momento perfeito para novas oportunidades, pois é em momentos de grandes necessidades que pensamos em soluções.

Vai fundo!

Boa sorte! 🙂

 

 

 

Produtividade

Desacelere o ritmo e aumente sua produtividade.

Resultado de imagem para desacelerar

Engana-se quem pensa que ser produtivo é não ter tempo pra nada, correr de um lado para o outro, estar sempre ocupado e ter tantos compromissos que até esquece alguns.
Este é o perfil de uma pessoa desorganizada e perdida que em alguns dias ficará louca por perceber que não está dando conta.

Quando aprendemos a ser produtivos percebemos que não é apenas uma questão de quantas coisas fazemos no dia, mas que fazemos o que realmente precisa ser feito, com a melhor qualidade possível, com  o foco 100% naquela tarefa e não em dez ao mesmo tempo.

Ser produtivo requer desacelerar. Você já tentou acompanhar o cenário através de uma janela de um carro em movimento? Você só consegue ver o que está vindo, o que passou ficou perdido. É exatamente assim quando nos aceleramos: ficamos olhando para todas as coisas que precisamos fazer e ainda não foram feitas e nos perdemos daquelas que já foram iniciadas ou que seus prazos já passaram.

É verdade que cada um tem seu ritmo. Algumas pessoas conseguem fazer mais coisas que outras, até porque já foram conhecendo seu próprio estilo e sabendo como sua mente e seu corpo funcionam e já sabem o que dá certo ou não. Mas você precisa ter paciência porque é uma caminhada. Um passo por vez.

Dê uma olhada no número de tarefas e compromissos e avalie:

  • Todos fazem sentido? Ou são só um monte de coisa pra você se sentir importante?
  • Todos são de sua responsabilidade? Ou você poderia passar para outra pessoa ou simplesmente nem fazer.
  • Todos precisam ser feitos neste mesmo dia? Ou você poderia diluir em sua semana ou em seu mês?
  • Todos tem prazo? O prazo é uma boa forma de definir o que é mais importante e deve ser feito primeiro.

Espero que você desacelere. Este é o segredo para uma vida realmente produtiva.

Gosto do que o Christian Barbosa fala: “Vamos andando, porque  a gente já corre demais”.

 

Produtividade

5 passos para avançar na sua carreira.

Resultado de imagem para subir na carreira mulher

Você se considera reconhecido no seu trabalho?
Sente que o que faz é importante e te faz feliz?
Enxerga importância na sua função?
Sente que o que você investiu em você está sendo recompensado através do seu salário e benefícios?
Pois é. Existem formas de alavancar na sua carreira e conseguir chegar onde você quer.

  1. Invista em você.
    Não adianta você querer que sua empresa te note, te reconheça, se não há o que ser notado ou reconhecido. Se você não tem um currículo que se destaque dos demais. Se você não investe na sua carreira, provavelmente a empresa não priorizará em investir em você também.
    Qual é a sua formação? Ensino médio? Nível superior? O que mais dá para você aprender?
    Será que existe uma pós graduação que pode completar com mais informações? Será que não existe um curso livre ou de extensão que você pode fazer para se atualizar no seu segmento?
    Guarde um dinheiro para isto. Pesquise bolsas ou descontos. Veja a possibilidade de cursos online que, geralmente, são mais baratos.
    Mas se você não vê importância em investir nos seu próprio crescimento através dos estudos, não espere que outros vejam.

2. Seja impecável.
Com certeza existem várias pessoas na sua própria empresa ou em outras que                   sabem fazer o que você faz. Alguns até com mais experiência que você, mas sabe o           que vai fazer a diferença? A FORMA como você faz o que faz.
Alguns já se cansaram e executam tudo no automático. Já não questionam e não                 pensam em inovações.
Faça o que você faz da melhor forma possível! Pense no que tem dado errado e                   sugira mudanças, não se canse de tentar melhorar, seja na rapidez, nos processos,             nos detalhes, etc. Vários fazem o que você faz, mas não COMO você faz. Então use             isto a seu favor. 😉

3. Aprenda um idioma
 Não importa qual seu segmento, não importa qual sua função, não importa se a                  empresa que você trabalha é multinacional ou não. Falar um novo idioma é uma                janela para outro mundo, outras possibilidades, outras oportunidades, outras                      formas de ver a vida.
Eu escrevi no linkedin, já faz um tempo, um post sobre isto e, realmente, convido                você a lê-lo para entender o que quero dizer, e quem sabe, te convencer a começar a          estudar hoje mesmo!

4. Participe de eventos na sua área.
Você já deve ter ouvido falar de network. É uma palavra usada para falar sobre sua            rede de conhecimentos. Pessoas que podem ser interessantes para trocar ideias e                aprender mais ou ter melhores oportunidades.
Entendam que não é algo relacionado a interesse. Você não vai querer conhecer as            pessoas para conseguir algo em troca. Pode ser pela amizade em si, pelo                                conhecimento, pelas coisas que aquela pessoa sabe e você não.
Quando estou falando de eventos não estou me referindo à nada chique. Pode ser os          eventos da sua faculdade ou, mesmo você que já se formou, sei que eles enviam                  convites para ex-alunos. Fora que, geralmente são DE GRAÇA! 😉
As pessoas ali estão dispostas a aprender, a conhecer pessoas novas, a falar sobre o            mesmo assunto que você está buscando. Que oportunidade, hein!!

      5. Trabalhe sua inteligência emocional.
O mercado está difícil para quem procura emprego, mas também está difícil para               quem está contratando. Acredite! Encontrar pessoas atualizadas, bem preparadas,             com a mente aberta não está tão fácil assim. Um currículo espetacular não substitui           uma pessoa equilibrada e que sabe lidar bem com suas emoções.
É preciso saber lidar com pessoas, com pressão e com suas próprias frustrações. Fiz           um vídeo a algum tempo atrás onde falo sobre isto de forma mais detalhada. Vale a           pena assistir. É só clicar aqui!

E aí? Qual ou quais você já está ok e qual ou quais ainda precisa colocar em prática?

Sucesso!

Produtividade, Reflexões

Escolhas inegociáveis.

Os últimos dias foram muito bons para mim, consegui aproveitar o feriado com amigos muito queridos que fazia tempo  não os via. Além disso também consegui aproveitar a calmaria da cidade e, pela primeira vez, desejei uma vida mais calma. Acho que a idade vai chegando e agente começa a querer deixar a correria de lado. rs

Fiz alguns vídeos lá na cidade, não mostrando nada e nem vlogando a rotina, simplesmente compartilhando os aprendizados que tive. Se você quiser assistir vou deixar os links no fim deste post. 😉

Bem, para ir a esta viagem eu precisei pensar muito bem e pesar na balança duas coisas muito importantes para mim. O feriado caiu em uma quinta-feira, isto quer dizer que na sexta-feira era dia comum de trabalho, mas tivemos a opção de folgar na emenda e depois ir fazendo horas extras para repôr ou, não folgar, e não precisar repôr hora nenhuma.

Para quem chegou agora ou não sabe, minha rotina é bem puxada, como eu trabalho em São Paulo e moro em Santos, dever horas é um terror porque significa que vou ter de ficar até mais tarde no trabalho e chegar em casa mais tarde do que já chego, mas são escolhas.

Eu estava precisando urgentemente de uns dias para descansar e me vi com esta dúvida: descanso e corro atrás para pagar estas horas ou não viajo e não descanso. Mas eu fui. E não me arrependi.

Certas vezes precisamos colocar na balança e entender que não somos seres com super poderes e que temos nossas limitações e, ainda que precisemos nos sacrificar um pouco em prol de algo que nos servirá como benefício, valerá a pena.

Cheguei a falar em vídeo sobre isto, mas como sei que nem todos que me seguem aqui no blog assistem meus vídeos, precisava que vocês recebessem esta mensagem.

Certas escolhas são inegociáveis e precisam ser tomadas em detrimento de outras também importantes.

Isto serve para todos os aspectos da sua vida. Sempre fazemos escolhas e às vezes pendemos para o lado errado porque é socialmente correto ou porque é o que a maioria gostaria que fizéssemos, etc.

A decisão certa sempre valerá à pena quando for tomada de forma bem pensada e equilibrada.

 

Vamos aos links dos vídeos em Carazinho, Rio Grande do Sul:

Você só tem hoje

Saia do seu lugar comum

Certos sacrifícios valem a pena

Tem tudo para ser uma ótima semana

 

 

Mais, Produtividade, Reflexões

Qual é o seu próximo desafio?

Resultado de imagem para break the routine

Segundo dia de junho e chegamos no meio do mês.
O mês passado foi super importante para o Dica pra Hoje e para mim, como pessoa.
Começamos nossa maratona de 365 dias de dicas, todos os dias e isto quer dizer muito mais do que simplesmente ‘vídeos todos os dias’.
Se você quiser entender o porquê de eu ter tomado essa decisão, é só assistir estes três minutos deste vídeo aqui:

Eu gosto muito de desafios e começo a criar alguns quando vejo que já alcancei o limite que queria. Não é nada planejado, é algo que faço instintivamente. Não me sinto bem com marasmos ou ‘tarefas soltas’. Tudo o que faço precisa estar relacionado a um ‘plano maior’, ou projeto.
Adoro metas para medir meus resultados, e como eu sou minha própria chefe no Dica pra Hoje, se não me desafiar ou não correr atrás de maiores/ melhores resultados, ninguém o fará por mim!

Acredito que às vezes o que precisamos é estabelecer desafios para nós.
Em algumas épocas de nossa vida, se não fizermos isto, se não aumentarmos nosso limite e testarmos nossa resiliência, nos sentiremos entediados ou como se a vida estivesse ruim, quando na verdade só está … na mesma.

Mas, calma! Isto também vai de pessoa para pessoa. Eu sou extremamente inquieta. Faz parte da minha personalidade. Já outras pessoas são mais tranquilas e conseguem ficar um pouco mais de tempo na ‘monotonia’ (eu não encontrei outra palavra, mas não entendam como algo ruim, tá?!)
O que muda para uma pessoa ou outra: É que algumas precisam de desafios mais constantemente e outras menos. Mas todos precisam de um certo ‘desconforto’ de tempos em tempo. 😉

Um ponto importante é que desafios em excesso e a falta extrema de rotina ou de ‘continuidade’, pode atrapalhar no alcance dos planos. Então não exagere.

Se você quiser ver o que aconteceu neste mês de maio, gravei um vídeo fazendo alguns destaques, mas também deixei links separados por temas para ficar mais fácil de encontrar o que precisa:

DESTAQUES:
365 dias/ Porque decidi fazer
Respondendo suas perguntas
Tedx Santos Eu Fui!
Arrase na sua apresentação em público
3 hábitos para introduzir na sua vida

Minimalismo:
Conclusão da Roda de Leitura
Pare de só comprar baratinho

Finanças Pessoais:
Eu consegui não gastar
Minha relação de amor e ódeio com o cartão de crédito 
Dicas para pagar à vista, sem se enrolar
Aprenda a gastar com o que importa

Organização do tempo/Produtividade:
Metas coerentes/ Como não se enrolar no seu planejamento
Seja produtivo no seu ritmo
3 truques para não se sabotar
E quando algo dá errado?
Às vezes é preciso deixar na espera

Reflexões:
Aprenda coisa novas/ Expanda sua mente
Falando de Boca Cheia/ Cansei dos negativos
Seja você mesmo
O que aprendi morando em Santos e trabalhando em São Paulo
As pessoas pararam de pensar?
Cansei de gente sem noção!

Carreira:
Vale a pena ter um diploma nos dias de hoje?
Dicas para dar um up no seu inglês

Leitura:
Conclusão da roda de leitura sobre minimalismo
A lógica do consumo

Me diga qual foi o vídeo que você mais gostou!!!
Se tiver sugestão de temas que ainda não foi tratado aqui no canal, é só sugerir! 😉

Siga o Dica pra hoje:
Curta a página: http://www.facebook.com/dicaprahoje
Me siga no insta: http://www.instagram.com/blogdicaprahoje
Converse comigo no twitter: http://www.twitter.com/dicaprahoje

A gente se fala por aí! 😉