Mais

Meus aprendizados sobre o mês de abril.

O mês de abril foi um mês muito especial com aprendizados bem interessantes. Primeiro que eu aprendi a reconhecer meus limites. Eu sempre soube que não consigo fazer tudo, sempre soube que não posso esperar mais do que deveria sobre mim e sobre os outros, mas sou a rainha das expectativas. Crio expectativas do nada, para nada e sem motivo algum. Isto me frustra e me entristece.

Neste mês tomei algumas decisões tristes e que, mesmo necessárias, não deixaram de ser tristes, mas entendi que precisava. Ao mesmo tempo estas decisões me exigiram recuar e entender que tenho um ritmo que não se ajusta de uma hora para a outra. Preciso me dar uns agrados de vez em quando e preciso acalmar a leoa que mora dentro de mim.

Aceitar que não tenho o controle sobre tudo é bom. É relaxante é confortante. Pensei que seria difícil reconhecer porque o ego é terrível e sempre quer que acreditemos sobre nós mais do que realmente deveríamos. Então só me rendi à realidade e foi como um banho de cachoeira: difícil de entrar por ser muito frio, mas mais difícil de sair, por se tornar tão relaxante.

Aceitar que não podemos tudo não torna a vida mais fácil, mas torna mais “vivível”, mais possível. Quando pensamos sempre nas maiores alturas, olhar pra baixo parece aterrorizante. Quando olhamos de onde realmente estamos, sabemos se realmente é tão assustador assim, já que caminhamos com nossas próprias pernas para chegar até lá.

Quanto mais real é sua visão a respeito de si mesmo e quanto mais reconhece seus limites, é mais fácil encarar-se no espelho e enxergar a realidade.

 

Anúncios

2 opiniões sobre “Meus aprendizados sobre o mês de abril.”

  1. Ouvi seu video no youtube, e observei que voce estava a comer gelado (coisa fria) com dor de graganta, e como profissional de saude fiquei preocupada. Coisas muito frias como coisas muito quentes fazem muito mal as suas cordas vocais (boca e garganta). Deve beber muita agua morna, bebida morna e nunca, nunca gelada, principalmenete antes ou durante de falar. Desculpe a invasao, mas fiquei mesmo preocupada. Se poder procure a opiniao dum especialista ou terapeuta da fala em cabeca/pescoco…assim como cantores profissionais, tambem eles sao conhecedores de tecnicas para prevenir lesao das cordas vocais.
    Falou que faz exercicios e estes sao para aquecer os musculos e voce a comer um gelado foi destruir todo o seu trabalho de aquecimento. Boa sorte com tudo.

    Gostar

    1. Oi Kina! Obrigada pelo cuidado, Tenho uma profissional já. Uma fono especializada em voz. Ela disse que quem já está acostumado com gelado não faz mal, mas quem está acostumada a sempre beber em temperatura ambiente, sim, sente a diferença. Depende de organismo para organismo. Inclusive tenho amigos da área do canto, que tomam coca-cola geladíssima e logo saem para cantar em concertos. Não é uma regra. Obrigada novamente pelo cuidado, mas estou fazendo o necessário para me estabelecer. Um abraço

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s