Mais, Reflexões

Olha só o que a motivação faz…

1
Sanduíche com hambúrguer de grão de bico
2
Hambúrguer de grão de bico feito por mim 🙂

Eu postei no meu instagram (se não me segue, me procure por lá @blogdicaprahoje) umas fotos de algumas artes culinárias e reparei que não consegui parar de olhar para as fotos e daí até escrevi um pouco sobre como funcionava minha alimentação:

Manteiga de amendoim prontinha!😋 Sabe o que eu acho mais interessante?? Quando eu não prestava atenção no que eu comia, quando me preocupava "só em me alimentar", detestava cozinhar. Eu podia ficar um tempão sem comer DE PREGUIÇA e depois pegava um pacote de bolacha de água e sal com manteiga e comia.😲 . Hoje, me preocupo com o que entra no meu corpo, penso antes de comer e procuro entender o que vai nos alimentos que escolho. E sinto prazer em cozinhar! . Eu jamais imaginaria que ficaria esperando amendoim torrar no forno, depois fazer uma bagunça pra tirar a pele e ficar esperando dar o ponto. . Quando eu comia carne era muito mais fácil comprar hambúrguer pronto e só fritar. Hoje eu preparo o meu, sem conservantes, sem fritura, só com coisa boa! . Meu corpo agradece e a natureza também! Repense sua alimentação. Seu corpo merece só o que é bom!!😉 . #vegetariana #considereovegetarianismo #considereoveganismo #govegan #manteigadeamendoim

A post shared by Dica pra hoje (@blogdicaprahoje) on

Eu sempre fui muito preguiçosa em relação a afazeres domésticos. Nunca fui chegada, mesmo quando morava sozinha eu procurava comprar coisas “rápidas”. Por que escrevi entre aspas? Por que o que eu achava que era “rápido” é porque eu considerava que cozinhar era trabalhoso, custoso, pesado, demorava, chatice, etc.

Eu preferia gastar dinheiro com delivery ou ficar à base de bolacha de água e sal ou pão só porque eu achava que se eu fosse cozinhar ia ser tão demorado, que não valia a pena…

Sou vegetariana há 8 meses e reparei que desde que me decidi por este tipo de alimentação “nasceu” em mim um desejo de cozinhar. Digo “nasceu” porque é esta a expressão que melhor se encaixa: Não havia em mim e, de repente, surgiu. Era algo que não esperava, mas veio e não quero mais largar. Faz parte de mim e sinto como se eu sempre cozinhasse a vida inteira, entende..

Já criei o hábito de todos os dias preparar minhas refeições e por que?
Porque agora surgiu uma consciência do que eu devo comer. Porque agora me preocupo com causas maiores do que simplesmente me alimentar ou ingerir alimentos. Agora percebo que o que escolho para fazer parte do meu cardápio interfere no funcionamento do meu organismo, na minha saúde e no meio-ambiente.

Minha motivação não é apenas comer. Agora eu consigo ver nos alimentos, muito mais potencial e utilidade! Como repenso o que como, percebo que a melhor forma de me alimentar bem é eu mesma preparar minhas refeições, sabendo o que vai em cada prato, escolhendo adequadamente cada ingrediente. E sinto prazer!

E não quer dizer que, de vez em quando, não peço uma comida. Mas quer dizer que diminuiu muito o número de vezes que peço e quando peço, escolho melhor até o restaurante E o tipo de comida.

Por volta das doze horas da tarde eu já vou para a cozinha e começo a preparar meu almoço e não sinto cansaço ou preguiça como antes. Não é um fardo ou algo que não aguento mais. Eu simplesmente vou. Eu simplesmente cozinho. Eu simplesmente entendo a significância do ato de cozinhar.

Seja qual for a tua necessidade, não importa a área, encontre uma motivação real, que com certeza não medirá esforços para fazer acontecer.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s