No agora ou no futuro?

 

agora

O despertador toca e nossa primeira reação é “Droga! Vou ter que levantar…”
Você está no trabalho e chegou o horário do seu almoço. Você está conversando e de repente percebe que faltam poucos minutos para voltar para o trabalho…
Você está chegando em casa depois de um dia puxado e quando olhar o relógio já imagina que, no dia seguinte, terá que acordar cedo de novo.
E como num looping eterno, vivemos em função das próximas horas, que se tornarão próximos minutos e que se tornarão próximos segundos, até se tornar…AGORA.

Imagino que nossas gerações anteriores – bisavôs, avôs- ficariam chocados com o tanto de informação que recebemos durante o dia e também com o fato de que nossos dias voam, de tanto que temos coisas para fazer: entregar relatório no fim do dia, fechar o projeto para semana seguinte, resolver a situação na próxima manhã. Vivemos constantemente para o futuro. E nisso perdemos o presente do agora.

Cada vez que você olha o relógio, tem duas opções:
1. Sigo para o próximo minuto que vai chegar
2. Vivo este minuto que acabou de começar.

Ou seja, sofro a angústia e um futuro que não sei como vai ser ou vivo intencionalmente e propositalmente o agora, que é o que tenho controle.
Isto é uma escolha.

Não digo que não devemos nos planejar, eu sou a pessoa que mais ama planejar neste mundo. Planejar dá mais tranquilidade.
Mas o que quero é que, já que você fez seus planos, descanse e aproveite enquanto o ‘agora’ acontece. Bem na sua frente.

Por vivermos pensando nos próximos minutos, nos próximos dias, nas próximas semanas e por guiarmos nossas vidas por prazos, não nos damos o presente de desfrutarmo o presente.
Então gostaria de te sugerir algumas tarefas para te ajudar nesta questão:

  1. Saia para bater-papo com alguém e ouça com intenção real e sincera de estar na conversa;
  2. Restrinja o uso das redes sociais e e-mails a apenas alguns horários específicos do seu dia;
  3. Desafie-se a sair de casa sem seu celular;
  4. Fique pelo menos um dia sem postar nas suas redes, mesmo que haja um acontecimento muuuito bom. Deixe para o dia seguinte;
  5. Depois que maratonar uma série com seu amigo ou cônjuge, guarde um tempo para conversarem a respeito, trocarem opiniões. Não comece outra maratona logo em seguida;
  6. Tente começar e terminar uma conversa pelo whatsapp, sem ficar enrolado o dia inteiro em uma conversa sem objetivos, que só te deixa preso no seu celular e que tira sua atenção das tarefas realmente importantes.

O que você achou?
Acredite que enquanto escrevo estas situações, na maioria delas, é um desafio para mim mesma. São tarefas que pretendo colocar em prática.

Essa ‘mania’ que temos de vivermos o minuto seguinte, está matando nosso agora. É como se esperássemos tanto o ‘futuro’ chegar, que quando ele chega, não sabemos o que fazer com ele.

Pense nisso. Viva seu agora intencionalmente, e seu futuro será muito melhor vivido.

Anúncios

2 thoughts on “No agora ou no futuro?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s