Reflexões

Diferença entre inspirar-se e copiar.

como-se-inspirar-1
Fonte

Eu falo bastante aqui no Dica a respeito de sermos sempre nossa melhor versão e também falo da importância de termos alguém para nos inspirar.
Porém percebo que existe uma certa dificuldade pois as pessoas tendem a olhar para alguém que admiram e querem ser como aquela pessoa: aparência, estilo, comportamento, voz, tipo de vida, rotina, etc. E então acabam perdendo sua essência e ficam descontentes porque não conseguem ser aquela pessoa, por mais que tentem.

Não conseguimos nos sair bem nesta missão não porque somos incompetentes, mas porque não podemos ser outra pessoa. O mundo precisa de VOCÊ! Pessoas precisam de você para se espelharem e tentarem ser melhores a partir do seu exemplo!

Então quero compartilhar algumas diferenças entre inspirar-se em alguém e copiar alguém.

Quando me inspiro em alguém eu:

  • vejo as características positivas de personalidade e comportamento e tento trazer pra minha vida, contextualizadas à minha realidade
  • avalio o que tenho feito que pode ser melhorado a partir do que vi na outra pessoa
  • entendo que jamais serei como aquela pessoa sem me sentir inferior
  • não desejo ter as mesmas coisas mas sinto-me motivado a correr atrás da minhas próprias conquistas
  • indico para outras pessoas que tenham seus próprios modelos e compartilho minha história de forma a inspirar outros
  • não me frustro quando vejo que aquela pessoa tem defeitos ou erra, pois entendo que ela também é humana
  • não a coloca como deus na minha vida, mas busco mais e mais referências para crescer em áreas diferentes
  • me sinto estimulado a continuar melhorando

Quando copio alguém eu…

  • sinto-me inferior porque vejo que aquela pessoa está em um patamar muito acima do meu
  • sinto uma inveja velada e tento esconder pois sei que não é um sentimento bom
  • não apenas acho que a pessoa se veste bem e se comporta bem, como tento reproduzir exatamente como ela a fim de conseguir os mesmos resultados que ela, mas geralmente não dá certo
  • às vezes me pego fazendo coisas que normalmente não faria, não como um desafio, mas na expectativa de agradar os outros
  • fico bravo quando percebo que aquela pessoa fez algo reprovável, afinal eu me inspiro nela, ela não pode errar!
  • fico feliz em descobrir um erro, não por perceber a humanidade da pessoa, mas por sentir prazer em vê-la errando
  • tenho um eterno sentimento de despertencimento e de frustração porque, no fundo, eu sei que não estou sendo eu
  • não busco outras referências pois acredito que aquela já tem tudo o que preciso para copiar.
  • me canso porque sinto que nunca sou bom o suficiente

Existe uma diferença gritante quando se vê as duas colunas, mas ao mesmo tempo, no dia a dia, inspirar-se e copiar, parecem-se muito!
Posso olhar para uma pessoa pública, uma pessoa com uma história de sucesso inspiradora ou até mesmo alguém que faça parte da minha própria rotina e me inspirar ou querer copiá-la. Cuidado!

Inspirar-se é saudável! Copiar é destrutivo!

Tenha referências e seja referência! Sua vida é exemplo para os que te rodeiam, seja bom ou ruim. Não seja quem você não é. Seja sempre você mesmo, na sua melhor versão!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s