Minimalismo

5 coisas que aprendi com o minimalismo

tag-minimalismo

Não é fácil se desfazer das coisas e muito menos ainda parar de comprar o que você gosta de comprar, mas depois que adquire este hábito é quase impossível voltar atrás.
Nesta busca pelo auto-conhecimento e por uma vida mais equilibrada descobri que o minimalismo é uma ferramenta imprescindível.
Quero contar 5 benefícios que obtive com ele:

1. Valorizei mais o que tenho.
Uma das regras principais do minimalismo é o destralhar. É deixar de lado TUDO o que está  em excesso: sentimentos, objetos, roupas, relacionamentos, amizades, etc. A partir disto vi que só tenho o que é realmente importante e que tenho exatamente o que preciso.
Gosto das coisas que tenho, das pessoas que ando. Consigo filtrar o que me afeta.
Vejo que minha vida está cercada apenas do que quero.

2. Percebi o real valor do dinheiro.
Como comprar compulsivamente não faz parte das práticas minimalistas, cada vez que meu dinheiro vai ser gasto penso duas vezes: Será que preciso? Se eu comprar agora, existe uma chance de me arrepender? Estou comprando pela necessidade e pela qualidade ou porque estou com vontade de gastar?
Cada centavo que sai da minha conta está relacionada à forma como o valorizo. Eu possuo o meu dinheiro, não é o dinheiro que me possui.

3. Tenho mais tempo livre.
Como consegui filtrar o que entra na minha vida, não perco tempo com o que é desnecessário.
Se quero fazer algo, me planejo para fazer. Não fico perdida entre desculpas e compromissos vazios assumidos para agradar outros ou para postar no face.
Meu tempo é gerido de forma mais leve. As coisas não tiram mais meu foco.

4. Vivo mais o presente.
Meu passado está onde deveria estar: no passado. O que precisa, está nas minhas lembranças. Meu futuro está sendo planejado, sem excessos e sem ansiedade.
Meu presente eu vivo intensamente. Quero aproveitar mais porque sei que meu tempo é precioso demais!
Consigo aproveitar mais as pessoas ao meu redor, as oportunidades que me aparecem, os objetos que me cercam, os sentimentos que entram no meu coração.
O presente é algo maravilhoso e o fato de que tirei todos os excessos me ajuda a não ter distrações.

5. Sempre tem algo que pode ser destralhado.
Não importa o quanto eu doe coisas, o quanto deixe hábitos, sempre terei excessos em minha vida.
Não quero dizer que vou viver em um ambiente completamente vazio, sem cores e sem graça. Devo ter sim objetos que me lembre momentos felizes, fotos que registrem o que não quero deixar passar.As cores influenciam no nosso humor.
Mas quanto mais eu olho pra dentro, percebo que não são as coisas que vão me proporcionar mais felicidade.
Me mudei e vi minha vida cabendo em 13 caixas. E sei que quando desencaixotar tudo, ainda vou me desfazer de mais outras coisas. E é maravilhoso!
Sem pena, sem arrependimentos. Apenas com o que é realmente importante.

Topa seguir nessa comigo?
Até agora nenhum arrependimento. 🙂

Veja aqui outros posts a respeito do Minimalismo, aqui no Dica pra Hoje:

 

Siga o canal, clicando aqui, para não perder o conteúdo sobre Minimalismo por lá também!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

2 thoughts on “5 coisas que aprendi com o minimalismo”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s