Reflexões

4 coisas que aprendi fazendo o que gosto

smeb_to_250116_branson44_to

Fiz um vídeo recentemente, respondendo o comentário da Ana Santos, onde ela dizia que não gostava do trabalho dela.
O que fiz, neste vídeo foi mostrar diferentes pontos de vista para a mesma situação. Não resolve, mas melhora.
Se você não assistiu ainda, dá o play!

Hoje, quero mostrar 5 coisas que aprendi por fazer o que gosto.

1. Meu limite aumentou
Por já ter feito coisas que não gostava e por ter trabalhado em empresas que não me satisfaziam, hoje percebi que situações que antes me estressavam ou me tiravam a paz, já não me incomodam mais. Meu limite aumentou.
É muito importante ter a consciência de que, mesmo fazendo o que gosto, coisas chatas acontecem. Nem tudo é legal. Alguns processos podem ser cansativos.
Mas, experiências ruins anteriores somados à realização de fazer o que gosto, me ajudam a lidar com mais facilidade.

2. Trabalho mais intensamente
Eu amo o que faço, isso é real. Não é discurso pronto. Eu elaboro e dou treinamentos e, pra mim, sinto que faz parte da minha missão neste mundo: fornecer ferramentas que colabores com o  crescimento e desenvolvimento das pessoas.
Fazer o que gosto me permite mergulhar de cabeça em tudo o que envolve meu trabalho porque eu “me permito me cansar”, me permito ousar, me permito pensar no meu trabalho mesmo quando estou em casa, porque é tão prazeroso e está tão dentro da minha missão de vida, que tudo é inspiração, tudo é ideia.
Quando elaboro um treinamento ou uma ideia, é tão prazeroso e libertador que, fazer de forma excelente não é uma obrigação, é consequência.

3. Penso no meu trabalho o tempo todo
Este ponto está atrelado diretamente ao ponto anterior.
Quando estou nos meus momentos de ócio em um fim de semana, em casa, e tenho ideias, não é só o Dica pra Hoje que sai beneficiado. Muitas ideias inovadoras para o meu trabalho saíram dentro da minha casa. No aconchega da minha cama rsrs
Lembrando que, pra mim, não é um peso pensar em trabalho porque pra mim é uma fonte de prazer.

4. Meu trabalho me traz prazer
Quando eu dava aulas em uma escola eu amava dar aulas e me sentia muito realizada, até perceber que não me sentia mais. rs
Acabei percebendo que não me supria. Ainda não era exatamente o que eu esperava.
Depois de 1 ano na empresa que estou, tenho esta certeza dentro de mim que dar palestras e treinamentos não só me satisfazem, como me dão prazer, energia, alegria e realização.
A única coisa que me incomoda é o horário fixo rsrs (nem tudo é perfeito), percebi que gosto mais de ser “dona dos meus horários e da minha rotina”, mas trabalhar em empresa é assim mesmo, faz parte.
Ainda assim, mesmo cansada ou com preguiça, quando “piso no palco”, tudo vai embora e me entrego ao treinamento ministrado.

Meu objetivo com este post é te incentivar a buscar sua realização profissional e perceber quantos benefícios incríveis você pode ter, simplesmente por trabalhar fazendo algo que te dá prazer.
Se você hoje não está nesta situação, procure. Entregue currículos, conheça pessoas, continue se especializando e se preparando para quando a oportunidade vier.
Vale a pena! 😉

Um abraço

Anúncios

1 thought on “4 coisas que aprendi fazendo o que gosto”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s