Produtividade

Não corra, caminhe.

Path-650x3601
Fonte

Escutei o Christian Barbosa falando esta frase repetidas vezes em alguns vídeos que ele publicou em um Workshop Online e, depois de algum tempo, esta frase fez sentido pra mim.

Às vezes temos a ideia de que correr é muito mais produtivo que caminhar. Afinal correr te leva mais rápido.
Porém, parando para analisar as duas opções, correr e caminhar, e a prática das duas na minha rotina, reparei que correr pode até me levar mais rápido, mas também pode me cansar mais rápido.

Quando corremos nem sempre prestamos atenção na vista, nas pessoas, no movimento, na nossa respiração. Quando corremos, principalmente se estamos começando, desistimos porque nosso coração começa a acelerar, nossa boca seca, nosso corpo começa a sentir algumas dores e quando vamos ver, paramos.

Agora, andar nos permite desfrutar o nosso redor, olhar nossos passos, respirar com mais tranquilidade, perceber nosso limite, e sabemos que vamos chegar. Talvez um pouco depois, mas vamos chegar.

Pensando nisso, quero lembrar do teste Tríade do tempo. Uma forma de gestão do tempo criada pelo próprio Christian Barbosa. (Já mostrei o método em vídeo. Clique aqui para assistir e fazer o teste!)
A Tríade consiste em 3 blocos: Importante, Urgente e Circunstancial.

Se estamos todo o tempo só resolvendo coisas urgentes, estamos correndo.
Nada mais importa, a não ser resolver aquelas questões que estão pendentes, e que, geralmente se tornaram urgentes, porque você ou alguém, não cuidou a tempo, enquanto ela era somente importante.
Viver a vida “apagando incêndios” pode ser perigoso, pois corremos o risco de nunca fazermos algo efetivamente prazeroso. E nem desfrutaremos o sucesso da conquista, e sim, somente, o alívio do término.

Como você tem seguido sua vida?
Está correndo contra o tempo? Está perdido e nem sabe mais por onde começar?
Há quanto tempo você não para para desfrutar a companhia (presencial) de seus amigos e familiares com qualidade? Sem olhar relógio ou se preocupar com o tanto de coisas por terminar (ou por começar).

Comece a caminhar. Comece a ditar o ritmo e não ser engolido pelo caminho.
Seja você a pessoa responsável por seus passos e não vá atrás dos outros que vivem desesperados e acham que isto é sinônimo de “ser importante”.

Acontecimentos urgentes acontecem, mas dependendo da qualidade da sua caminhada, você estará preparado para acelerar um pouco mais e depois, retomar o seu ritmo.

Não corra. Caminhe.
Vai por mim…

Um abraço

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s