Mais

Encontrando motivação no dia a dia.

Dia corrido, preocupações, cansaço, cobranças, tarefas e mais tarefas, parece que não vamos aguentar. O dia só tem responsabilidades.

É bem complicado perceber momentos de paz e de motivação.
Nem sempre podemos escolher como será nosso dia, mas podemos decidir o que faremos dele.

Minha rotina mudou bastante do ano passado pra cá. Antes eu trabalhava apenas na escola e hoje além da escola, dou aulas particulares.
O lado ruim de ser professora é que a profissão exige de nós trabalho em tempo integral. Chego em casa e tenho que elaborar atividades, fazer e refazer planos de aula, reunião fora do meu horário com algum pai, enviar relatório sobre alguma criança para a coordenação, elaborar provas e atividades extras, enfim. Imagine isso agora para cada aluno particular que tenho. Lógico que não existem reuniões, mas elaborar aula e atividades, sim.

Confesso que tem dias que acordo já cansada. O dia nem começou e já estou pra baixo.
Mas tenho descoberto algumas coisas que tem me ajudado a encontrar a motivação que preciso.

Sempre tive o costume de acordar e conversar com Deus. Eu separo uma meia hora para falar das minhas expectativas. Falo em voz alta mesmo, como numa conversa.
Começo a pedir já pelas aulas, pelas tarefas, pelas pessoas que vou encontrar, enfim, isso ajuda bastante.

Mas o que tenho feito de diferente é que estou tentando focar mais no momento. Não penso no que ainda vou fazer daqui a alguns minutos ou algumas horas. Simplesmente fixo minha mente naquela aula. Quando penso no que ainda tenho pra fazer me gera ansiedade e fico pensando que o dia está cheio de tarefas.

Outra coisa bacana é que me dou de presente uns minutos “de nada”. No meu horário de almoço ou no meu intervalo eu penso nas besteiras que eu quiser: me imagino famosa, dando minhas palestras que tanto quero dar, me imagino realizando sonhos e realmente saio do ar. Faço por alguns poucos minutos, mas “volto” como se tivesse realizado cada um daqueles pensamentos. É bom para me lembrar dos meus objetivos e do porque de algumas decisões difíceis hoje.

Estou tentando rir mais e me socializar mais. Eu gosto de estar sozinha e realmente não sinto, naturalmente, uma super vontade de estar no meio de um monte de gente, mas percebi que quando faço parte da conversa com outros professores aquele momento parece mais leve. Dou risada das histórias, compartilho algumas minhas e acaba sendo um momento diferente.
Então se socialize com mais leveza, sem interesses e sem discursos decorados. Apenas entregue-se.

Espero que tenha te ajudado e que traga mais leveza ao seu dia!

Um abraço.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s