Mais

Texto de quarta

Pinto a cara,
Bato lata,
Falo mesmo,
Perco o jeito.

Me indigno,
Sempre insisto,
Digo não,
Tenho opinião.

Me defendo
atacando,
Voto mesmo,
Sou do povo.

Não me calo,
não consigo.
Não voto branco,
Choro escondido.

Sou Brasileira,
dos índios.
Sou Brasileira,
do Brasil.

Não me vendo,
não me influencio.
Não me envergonho,
não fui descoberta.

Voto e confirmo,
Sou consciente.
Voto de novo
e não abro mão.

Não reclame
se não faz nada,
Precisamos de atuantes,
não quem vai com a multidão.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s