Mais

4 hábitos que você deveria adquirir.

Tenho que confessar a vocês que cada segunda-feira é pra mim um dia super especial.
Ao contrário do que os outros acham, ao invés de um dia chato, eu acho que segunda-feira me dá novas oportunidades.
Pra mim é sempre a chance de um recomeço.
Nas segundas me reanimo e me proponho a dar aulas melhores, arrumo minha casa com alegria para começar a semana com meu cantinho arrumadinho e na esperança de receber alguma visita (que eu amo) e também penso em coisas novas que posso fazer ou outras que posso abandonar.
Nesta segunda-feira quero te desafiar a adquirir hábitos novos.
Alguns você provavelmente já tem ou já tentou ter, mas não saiu de um sonho.
Então talvez com meu empurrãosinho você se sinta mais animado.
Vamos lá:
1. Adquira o hábito da leitura.
Eu sei que você já ouviu que ler faz bem e aposto que você fala que sempre lê, mas no fundo, no fundo, há quanto tempo está lendo o mesmo livro? Ou, qual foi a última vez que leu um livro até o final? Não estou nem me referindo a um gênero específico de livros, simplesmente ler: Romance, Ficção, Biografia, Fantasia, de conhecimentos específicos, de curiosidades, enfim, existem tantos no mercado que tem um que está te esperando.
Ler faz bem pra você e para os outros. Quando lemos aprendemos mais coisas e assim temos mais o que compartilhar com nossos amigos. Não é gostoso aprender coisas novas? Eu acho!
Eu adoro pessoas interessantes, que vivem falando de alguma coisa que descobriu em uma leitura.
AH! E não tenha preconceitos, às vezes você diz que não gosta, mas na verdade nunca tentou.
2. Adquira o hábito de ouvir.
Quantas vezes você começou a conversar com alguém e antes mesmo de terminar a frase ela te interrompeu com alguma coisa que ela lembrou? Ou então, quantas vezes foi falar sobre algo que aconteceu com você e quando reparou, a conversa estava completamente focada na outra pessoa, porque ela resolveu desabafar justo quando você que estava precisando?
E quantas vezes VOCÊ já fez isto com alguém?
Nem sempre é de propósito. Às vezes a pessoa fala alguma coisa que nos lembra de outra e sentimos vontade de compartilhar, isto é saudável. Mas devemos estar atentos se é a hora certa.
Te desafio a, nas próximas conversas, prestar mais atenção no que o outro está falando, sem começar a se distrair com a mosca que passa ou com seus pensamentos. Peço que se controle ao máximo para deixar a pessoa terminar o raciocínio e que você só fale quando ela der aquela respiradinha, dando sinal que falou tudo o que queria. 
Parece bobo, mas se fizer este exercício vai reparar o quanto é difícil. O quanto sentimos vontade de falar de nós mesmos e o quanto não ouvimos o outro.
Depois disto, você vai perceber como a pessoa teve prazer na sua companhia!!
3. Adquira o hábito de ajudar sem ser solicitado.
Este é um hábito estranho, mas é um dos mais especiais!
Eu conheço pessoas que simplesmente fazem as coisas acontecerem porque estão atentas nas oportunidades de ajudar.
Nem sempre são chamadas, isto não quer dizer que são intrometidas, pelo contrário, são discretas, mas como estão preocupadas com os outros, qualquer sinal de fogo, elas já vem com a mangueira nas mãos.
Até porque, nem todos tem facilidade em pedir ajuda, então estar alerta é essencial!
Eu faço o máximo para ser assim com as pessoas que gosto. Quero me mostrar disponível e útil.
Às vezes bate uma preguiça e também o egoísmo. 
Frases do tipo: “Eu sempre tenho de fazer as coisas sozinha, por que preciso ajudar o outro?”aparecem todo o tempo. É nossa natureza egoísta. Mas devemos treinar nossa mente a pensar assim: “Sempre faço minhas coisas sozinha, seria incrível fazer com que os outros tenham ajuda para não sofrerem tanto quanto eu”. Viu a diferença?
Não estranhe se depois disto, você começar a receber ajuda do outro ou então, se mesmo você não recebendo ajuda, continuar gostando de dar uma mãozinha.
Fazer bem aos outros, faz bem a nós!
4. Adquira o hábito de prevenir incidentes.
Este é um dos mais difíceis.
Não sei se é algo só dos brasileiros, mas nós vivemos remediando as situações.
Pagamos remédios caros porque não fizemos exames anteriormente. \
A fatura vem com juros gigantescos porque pagamos o mínimo do cartão de crédito, quando poderíamos ter cortado gastos ou não termos comprado nada.
Ficamos sem dinheiro no fim do mês porque não administramos o salário de forma equilibrada e daí lá vai o “amigo”cheque especial.
E assim por diante.
Recomendo que comece a prever as consequências de suas atitudes.
É bem melhor pensar antes de falar, do que ter de pedir perdão e estragar um relacionamento (amizade, namoro, casamento, etc). É bem melhor tirar a roupa que está no varal há uma semana, do que ter de lavá-las novamente pois pegaram chuva ou já estão cheias de pó.
É melhor ver a previsão do tempo antes de sair de casa do que morrer de calor porque saiu de casaco, toca e cachecol ou morrer de frio, porque saiu com seu vestido favorito.
A vida nos dá muitas oportunidades de prevenirmos incidentes.
Todo o tempo devemos pensar onde nossas ações nos levarão.
Pense de forma justa em suas decisões que sua vida ficará mais fácil e mais leve.
E você? Qual hábito me recomenda?
Sempre estou a procura de novos hábitos e de formas que facilitem minha vida e a dos meus amigos.
Aproveite!
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s