Mais

Ser mulher no século XXI

A mulherada de hoje em dia é bem diferente da mulherada de alguns anos atrás.
Já sabemos um pouco sobre a rotina das “Amélias” e também conhecemos um pouco sobre como os homens enxergavam o sexo feminino.
Muito foi feito para que esta imagem de “sexo frágil” fosse mudada, até que conseguimos, mas… será que estávamos preparadas?
Durante os anos, as tarefas de casa foram divididas com o trabalho fora e as responsabilidades foram aumentando. 
Para aumentar a “carga” ainda existe a pressão e os padrões impostos para a mulher. É necessário que ela seja perfeita: Linda, magra, cabelos sempre impecáveis, ótima mãe, sempre presente, funcionária espetacular, mulher presente, carinhosa e ótima na cama e ainda tem de encontrar um tempo para cuidar de si mesma… Ufa!
Será que temos de queimar sutiãs novamente para conseguirmos mais equilíbrio e para termos mais “divisões de tarefas” e menos “super poderes”?
 Daqui a alguns dias vou escrever a resenha de um livro que estou lendo. Se chama “O corpo fala”, mas não é aquele conhecido, sobre gestos, expressões, etc. É um livro com depoimentos de 20 mulheres sobre algum fato específico de suas vidas.
Em quase todos, sinto um peso nelas. Como se não aguentassem mais tantas “responsabilidades a mais”.
Vejo que, fora as que já são nossas ainda aumentam nossos fardos e a cada dia vejo mulheres raçudas e homens frouxos.
O sexo feminino não é frágil e sim, frágil.
Não. Não escrevi errado! rsrs
Nós não somos frágeis porque nos quebramos facilmente, mas somos frágeis porque precisamos de cuidados, precisamos de suporte.
Sabemos que bexigas são cheias através de sopros, certo? Vamos assoprando e assoprando e se assoprarmos de mais, o que acontece? Estoura!
Estourou porque ela não era resistente? Não, mas sim porque o sopro foi maior que sua capacidade.
Um erro que tenho visto muitas mulheres cometerem, é achar que realmente todas as responsabilidades do mundo são para elas. Elas são super mulheres e conseguem fazer tudo… só que não.
É necessário suporte e mais importante ainda: é necessário admitir que precisa de suporte. 
Homens, não deixem de cumprir seu papel, não joguem suas responsabilidades nas mãos das mulheres, mas administrem bem para que tudo seja equilibrado.
Mulheres, não abram mão de seu bem estar físico, emocional e psicológico. 
Acima de tudo, seja feliz!
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s