Mais

Exercitando a memória?

Este é mais um post inspirado pela minha mãe.
Não que ela tenha me falado alguma coisa, mas é porque toda vez que assisto algum programa ou leio alguma matéria que fale sobre a memória, logo lembra dela!
Já faz algum tempo que vejo minha mãe fissurada em revistas “Coquetel” e jogos de computador específicos para memória.
Também já a escutei várias vezes dizer que tem medo de ter Mal de alzheimer
Medo de esquecer as pessoas e as tarefas mais simples do dia a dia.
Realmente deve ser muito ruim, principalmente porque é algo que foge do seu controle. E é irreversível.
Mas não é este o assunto principal do post. 
O tema que quero abordar é justamente formas de exercítar a memória.

Nós jovens adquirimos o péssimo hábito de querermos tudo pronto.
Queremos perguntas mais fáceis, respostas óbvias e se não precisar pensar muito, melhor ainda.
Estamos acostumados às informações “mastigadas” e, às vezes, achamo que é melhor acreditar à questionar.
E isto vai gerando um “sedentarismo mental”.
Assim como seus outros músculos, se não usados, vão perdendo a força e a capacidade total, o cérebro se não usado, vai sendo atrofiado.
Já reparou como tarefas que há algum tempo que você não faz, quando volta a realizá-las encontra certa dificuldade? Da mesma forma, nosso querido cérebro!
Exercitar a memória é importante para melhorar a comunicação, a linguagem, a capacidade de raciocínio lógico, de planejamento, de visualização espacial, facilidade para resolver problemas, entre tantos outros benefícios!
Quanto mais exercitamos o cérebro, melhor ele fica!
Então vamos a alguns exercícios:
– Ler: pelo menos um livro por mês e trava-línguas;
– Resolver exercícios matemáticos;
– Decorar músicas;
– Fazer coisas novas, que fujam da sua rotina;
– Apagar as luzes e procurar os objetos no escuto;
– Conversar com pessoas conhecidas e desconhecidas: conhecidas para exercitar a memórias, os fatos conhecidos e pessoas desconhecidas para adquirir informações novas
Outra coisa muito legal que encontrei na net, foi este teste para saber como anda a memória.
Se quiser fazê-lo, é só clicar aqui.
E uma dica pessoal que dou, é conhecer os podcasts do Café Brasil. Não é à toa que o Luciano Pires chama de “Fitness Intelectual”. 
Então saia do sedentarismo mental tanto em relação à memória quanto em relação ao raciocínio crítico!
Exercite-se!
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s