Mais

Casei, e agora?

Muitas meninas batalham para procurar um cara bacana, namorar, noivar e casar.
E parece que esta busca está cada dia mais difícil porque nem todos os homens héteros e solteiros são bons partidos.

Depois de esperar por alguns meses ou anos, o pedido finalmente vem, a data é marcada e o casamento acontece!

Tudo parece lindo! A casa, os móveis, a decoração, ninguém pra ficar dando palpite na sua vida, só você e seu amado! Ai que coisa mais gostosa! rs

Passa um dia e outro e outro e a rotina toma conta.
Cozinhar, limpar a casa, lavar a cueca dele… PERAÍ! LAVAR A CUECA DELE??
“Mas não era assim que eu imaginava o casamento!” Você pode imaginar.
É minha filha, é assim.

Tantas pessoas depositam seus sonhos no grande dia, mas este “grande dia” acaba sendo só 1 dia. “O dia”. Dá pra entender? hahaha

Tenho a impressão que algumas mulheres querem apenas “aquele” dia e depois, ah, depois não sei. Mas quem não vai querer entrar de branco, ter aquela platéia de pessoas te olhando, chorando, torcendo… te invejando…rsrs
Depois vem a lua de mel. A viagem que os dois planejaram ou que ganharam de alguém…

Isso tudo é muito bom, mas casamento mesmo é o convívio. É quando o homem e a mulher assumem diante de Deus e dos homens que vão começar uma nova família! (É muito lindo, né?)
Será que você estava preparada quando disse o “sim”? Será que sabia o que te aguardava? rs

O casamento vai sendo forjado, provado, testado e só com o tempo e muita, mas muita dedicação é possível ser feliz apesar dos pesares.

Imagine que os dois são metais preciosos, mas foram tirados brutos da natureza. Assim é o casamento.
Antes, cada um tinha vontade própria. Quando brigavam, cada um ia pra um canto sem a responsabilidade de consertar o erro logo na hora. Afinal, podiam deixar passar o tempo que a poeira abaixaria.

Quando tudo estava bem, podiam ficar juntos por dias, quando tudo estava mal, recorria aos amigos e à família para falar mal dele.

Depois de casado, um tem de resolver o problema com o outro. Não dá mais para voltar pra casa dos pais e falar: “Hoje não quero falar com ele”. Não! Você assumiu um compromisso. Um relacionamento. E relacionamento requer passar o tempo juntos: na alegria, na tristeza, na saúde, no doença, na riqueza, na pobreza, não?

Voltando ao assunto que os dois são dois metais em estado bruto… rs
Com o passar do tempo, os dois vão passando por um processo de “melhoramento”. Os dois NÃO PODEM continuar sendo os mesmos depois deste relacionamento. Um vai “alterando” a vida do outro.
E aí vem o processo de “forja”.

Quando um ourives vai forjar o ouro, ele utiliza o martelo. Com esta ferramenta ele vai batendo e batendo até ter a forma que ele deseja. A forja também pode ser feita a frio ou a quente.
Se o ourives bate mais delicadamente a pela pode obter formas mais harmoniosas e de tamanhos mais variados. Já se bate de forma mais bruta, pode danificar a peça ou restringi-la a tamanhos e formas menores.

Depois de forjar o ouro (ou qualquer metal) a estrutura do mesmo é refinada e quanto mais pressão e batidas mais difícil o metal fica de ser modelado. Ele fica duro. E no caso do ouro, ele deve ser submetido a altas temperaturas para voltar a “relaxar” e voltar a ficar maleável.

Você entende até onde quero chegar?

Você e seu marido são duas peças de ouro que foram fundidos um no outro.
Com o tempo, os problemas, as dificuldades, os estresses, as situações problemáticas vão polindo um e o outro e os dois vão ficando duros e difíceis de serem moldados.
Em uma relação isto não pode acontecer, pois se um resolve se manter rijo (duro) o outro não conseguirá trabalhar sozinho… e então vem a “provação”.

O sofrimento gerado entre o casal é a “alta temperatura”. Ao contrário do que muitos pensam, um casal perfeito não é o que não tem problemas, mas o que sabe resolvê-los quando aparecem.
Quando o casal estiver passando por altas temperaturas, tem duas opções:
– Fugir e seguir para um lugar mais fresco, que não exija tanto sofrimento;
ou
– Ficar e voltar a ser maleável e a se moldarem um ao outro.

Este processo é longo, sofrido, mas no fim, produzirá uma linda jóia!
Jóia esta que todos vão querer ter!

Quais são seus sonhos com seu casamento? Pense um pouco sobre isto.
Quais são seus objetivos no casamento? É necessário que você tenha.
Quais são seus planos como casal? Um casal sem planos, fadará ao fracasso, pois andarão em círculos ou viverão como dois solteiros. Cada um traçando sua própria vida.

Uma das coisas mais bonitas para mim, é quando vejo um casal que sabe passar por dificuldades. Eu olho e desejo isto pra mim.
Acho a coisa mais rica quando vejo casais que não querem aparentar perfeição, mas que se resolvem de uma forma tão perfeita que dá até vontade de ter alguns estresses só pra poder ter este momento de reconciliar! rs

Aparar as arestas, ajustar-se ao outro não é fraqueza. Pelo contrário. É quando o casamento se fortalece!

Seu casamento pode ser lindo!
Vocês podem ser uma jóia única ou podem escolher serem dois solitários.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s