Mais

Desabafo…

Você já deve ter visto no meu instagram (@Dicaprahoje) que sou eu amo ser professora.

Às vezes tenho de trabalhar alguns sábados, alguns dias acordo às 5 da madruga e nada me deixa mais chata do quer acordar cedo sabendo que vou chegar por voltas das 23hs em casa, depois da faculdade.

Mas quando chego na escola, o sono é camuflado e quando vejo meus alunos lindos fico super contente, super feliz, super motivada!

Até então não tinha nada que valia a pena perder meu tempo para reclamar. Já vi e ouvi algumas coisas que não gostei, mas deixei pra lá. Mas hoje, o dia que eu menos trabalho (das 11:10 às 13:00), o dia que eu posso acordar tarde, posso assistir minha sequência preferida: Bom dia Brasil, Mais você e Bem estar, justo hoje, foi marcada uma reunião com os professores.

Como a reunião foi marcada para 7:30, tive de acordar às 5 da manhã. A (minha) reunião acabou umas 8:30 e tive de ficar enrolando até 11:10, meu horário original. Legal, né? rs

Depois da reunião, tivemos uma confraternização para anunciar a promoção de uma das professoras.

Veja bem, cheguei tarde da faculdade ontem, acordei às 5, fiquei em uma reunião de 1 horinha, estou com sono e mau- humor.
Vi que todos começaram a fazer um círculo e reparei que a maioria dos professores estavam em pé, mas alguns estavam sentados. Me juntei à minoria e fiquei sentadinha forçando meu melhor sorriso. (Eu com sono fico uma caca)

Quando olho para o lado, vejo uma das professoras (a que quer ser a mais legal de todas, sabe?) cochichando e apontando pra mim com o olho. Só entendi o “olha lá”. A outra professora, muito discreta, não esboçou reação.

Fiquei bem triste. Por acaso ela sabe como estou? Ela tem ideia que durmi super pouco, acordei super cedo, peguei um ônibus que faz um trajeto de 30 minutos em 1 hora e meia, fui pra uma reunião e não estava nem a fim de sorrir?
Por acaso, ela sabe que estou com meu TCC atrasado, minha iniciação científica congelada, prova de fim de semestre e mais um monte de outras coisas pra resolver? Faça-me o favor!

Ela é uma das professoras que sempre tem uma sugestão ou opinião (mesmo quando não é requisitada). Tem aquela voz meio de radialista, sabe e está sempre sorrindo e reclamando… ao mesmo tempo. (Paradoxal, né?)

Acho que só fiquei tão chateada assim pelo cansaço, mas ninguém merece…

Por que fazemos julgamentos e comentários inoportunos sem nem ao menos ir à pessoa e perguntar: “Está tudo bem?” ou “Você não está com uma carinha boa…”
Mas se importar com alguém é difícil, toma tempo e dá trabalho!

Faça parte da maioria e julgue, fofoque, mas não esqueça de sorrir! Afinal, simpatia é fundamental, não? hehehe

ps. O peso na consciência é tão grande que ao perceber que eu vi a cena do cochicho, imediatamente tentando ser simpática, me ofereceu “sorvetinho” e ainda me inventou uma história de que estava cochichando a respeito do bolo… MAS EU NEM PERGUNTEI NADA!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s