Mais

Ele tá me enrolando… e agora?

Tem gente que pensa que a missão mais difícil é arrumar um namorado, né?

Nossa! Tanto homem bacana por aí: ou são casados ou são gays ou são cachorros.

Dentre tão poucos para “escolher” quando você consegue encontrar “o” parece que todos os seus problemas foram solucionados… só que não! rs

Hoje em dia, aumentou o número de mulheres que apenas moram junto e não veem problema. Ou então que aceitam o fato de namorar por 10, 15 anos. Mas a maioria (posso dizer a maioria?) tem ainda o desejo de casar, entrar de branco na igreja, ter festa (independente de festão ou festinha) e ficar chorando horas e horas depois de assistir a gravação do “dia” umas 37.564 vezes! rs

É minha querida, se você está fazendo bodas de namoro (rsrs) se quando perguntam o que vocês são, você fica em dúvida… sinto muito, mas acho que ele está te enrolando.

Você já tentou falar em casamento com ele e, de repente, deu uma dor de barriga e como um passe de mágica ELE SOME do recinto??? Cuidado, talvez seu sonho vire um pesadelo.

Como eu já falei neste post sobre O sonho do príncipe encantando, é necessário fazer escolhas quando se trata de relacionamento.

Nessas escolhas, podemos ter um retorno positivo ou negativo, mas não quer dizer que houve um fracasso.

Vamos refletir um pouco? Então vamos lá…
Seu namorado é lindo. Você já se pegou várias vezes olhando pra ele sem nenhum motivo especial e – sentindo seu coração bater forte e com vontade de falar: “Como você é lindo, meu amor”.
Ele é estiloso. Você sempre se lembra da primeira vez que o viu e ele parecia um super modelo, todo arrumado, cheiroso, bem vestido, nossa! Um arraso (Ou até a falta de estilo dele vira um charme! rs)
Ele é fofo. Nossa! Não dá pra contas as vezes de quando ele te tratou como uma princesa ou te tratou como um bebê e fez todas as suas vontades.
Ele é um “ogro” (de uma forma positiva). Ele te empurra, te joga, mas você ri tanto que acha até fofo! (Muito chiclete não dá, né? rsrs)
Ele é super bom filho! Nossa! Você olha pra ele com a mãe dele e dá até raiva (principalmente se você não se dá muito bem com ela rsrsrs). Vixi, ele sempre está cuidando dela; se não mora com ela, está constantemente ligando para saber como ela está. Mas você já deve ter escutado essa frase: “Se você quer saber como ele será com você, olhe como ele trata sua mãe”. Então acaba sendo super positivo!!

Nossa, a lista com certeza poderia ser preenchida com os dados mais estranhos e lindos do seu amoooor, né? E você até lembra dos defeitos, mas parecem tão “fraquinhos” perto das qualidades que você logo pensa… “ai como eu queria me casar com este homem...”

É… que coisa… quero te perguntar umas coisas. Responda rápido:

Quanto você quer casar?
– Qual sua urgência para se casar?
– Por que você quer casar: para alegria dos outros ou para sua?
– Casar com você é inegociável?

Se você não consegue responder com precisão todas, tente responder a última, porque já elimina a maioria do processo (mas é bom refletir nas outras para seus relacionamentos futuros [se houver]).
Se casar, para você, é inegociável sinto te dizer que você DEVE levar uma conversa franca com ele e retirar a resposta final!

Seja sábia, querida, não chegue chegando: “E aí, quer casar ou não?”
Converse, fale sobre seus sonhos, sobre o relacionamento, sobre suas convicções e pergunte sobre a posição dele. Saiba os motivos dele. Por que ele ainda não te pediu em casamento? Por que ele é contra o casamento? (Se ele for) E assim vocês podem ir chegando em uma conclusão.

Se depois de tudo isso ele ainda não “topar”, vou te dizer uma coisa muito séria: Não pense que você vai mudá-lo. Não pense que você vai conseguir mudar a cabeça dele. (As mulheres tem mania disso…não é à toa que o Ronaldo, fenômeno sempre está com alguma mulher kkkkk)
Tenha uma postura fiel a você mesma.
Não continue com ele porque este assunto sempre voltará na roda e poderá causar stresses desnecessários.

Você encontrará o cara certo… PRA VOCÊ! Alguém que também tenha este mesmo desejo e que te levará ao altar. Agora, já aproveite a “viagem” e já pergunte sobre filhos (mais uma vez: seja sábia na conversa) , se não repense novamente…

A vida é cheia de escolhas e escolhas às vezes nos doem, mas quando temos nossas convicções, nossos valores ou desejos, se não tomarmos cuidado, aceitamos certas situações simplesmente para não “magoar o outro” ou para “não ser rejeitada”! Isto não pode acontecer!

E você? Já namorou alguém e passou por esta situações? Qual foi sua atitude?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s