Mais

Namoro: Indo rápido de mais?

Você encontra aquele rapaz que parece ser “o cara”, começam a namorar, estão sempre juntos, saem todos os fins de semana, se bobear já pensam em “dividir um teto”, enfim…

Depois de um tempo você começa a se perguntar: Será que não foi tudo rápido de mais?

Encontrar uma pessoa especial, com a qual você gosta de dividir seus sonhos, sua vida, não é fácil.
Quando você encontra, a vontade é de “se jogar de cabeça” e fazer tudo com intensidade, não é não?

Veja se já fez algumas dessas coisas:
– Começa a ficar mais tempo com ele do que com seus amigos e família;
– Começa a fazer planos pensando nele;
– Começa a pensar só nele e querer estar com ele todo instante;
– Cada vez que está longe dele parece que as coisas não tem graça.

Calma… o namoro é uma fase de conhecer o outro.
Conhecer o outro requer tempo e dedicação.
Nada muito exagerado, e sim, compassado, comedido.

Não queira conhecer seu namorado em 1 dia! 
Não queira pular etapas! Não siga atalhos!
Respeite o tempo certo de todas as coisas!

Os relacionamentos só crescem de maneira saudável quando passam por experiências, e não por atalhos.
É necessário ter experiências com a pessoa para conhecê-la.

Uma coisa muito importante é que nossa geração pensa que inventou o sexo!
Quando pensa em namoro, logo pensa em sexo!
Começo de namoro é mão lá, mão cá, dorme na casa de um, depois na do outro, todo dia é “festa”.
Depois de tanto “fazer amor”, um olha pro outro e pensa: “Quem é você?”

Você sabe qual a “posição” preferida da pessoa, mas não sabe o que ela gosta de fazer no tempo livre, quais os hábitos de leitura, crença, saúde, etc.
Depois de algum tempo a relação se “desgasta” e você se pergunta: “Será que as coisas não foram rápido de mais?” 
Não tenha medo de responder se a resposta for “sim“.

Ninguém é composto somente de características boas, mas todos temos defeitos.
Não tenha medo de expor seus medos e temores ao seu namorado e também não tenha medo de descobrir os dele. Isso acaba fortalecendo o casal. 

Pasmem: O relacionamento do casal não fica restrito ao casal, sabia?
Ambos tem amigos e parentes e ambos PRECISAM conhecer a família e os amigos do seu par.
Então invista tempo em passeios e eventos onde eles estarão. Não seja aquela intrometida que quer ser a “amigona” de todos, pelo amor de Deus! Não!
Apenas faça parte e observe como seu namorado é quando está com eles. Isto é importantíssimo para você conhecer um lado “legítimo” dele.

Quando vocês se desentenderem, aproveite o momento para conhecê-lo bravo. 
Como ele reage? O que ele fala pra você? Ele é violento? Te humilha?

Eu tenho ainda várias coisas para falar sobre este assunto, mas o post vai ficar muito grande rsrs
Então, vou fazer a continuação em outro dia! Não perca! rs

Espero que tenha gostado!
Acompanhe os outros posts sobre namoro aqui no blog!

Beijos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s